Notícias Fecomercio

3 de agosto de 2018

Setor de turismo paulista volta a eliminar empregos formais em maio, após dois meses de saldo positivo


Setor fechou 172 vagas formais no Estado de São Paulo

O mercado de trabalho existente por causa da demanda de turistas, seja a lazer, seja a negócios, eliminou 172 empregos com carteira assinada em maio, após dois meses de saldo positivo. Assim, o setor de turismo paulista encerrou o mês com um estoque ativo de 275.940 trabalhadores formais, praticamente estável (0,1%) em relação a maio de 2017. No acumulado de 12 meses, 385 novos vínculos foram gerados.

Os dados são da Pesquisa de Emprego do Setor de Turismo no Estado de São Paulo (PESP Turismo), elaborada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base nos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Das sete atividades analisadas pela pesquisa, quatro sofreram queda no número total de empregos com carteira assinada, na comparação com maio de 2017. As maiores baixas ficaram por conta dos grupos de transportes e de comércio direcionado (ambos com -0,6%), que fecharam 606 e 22 vagas, respectivamente, seguidos pelo grupo de cultura e lazer (-0,4%), que fechou 19 postos de trabalho.

Por outro lado, as maiores variações positivas no comparativo anual foram registradas nos segmentos de eventos (2,6%), que abriu 443 vagas celetistas, e de agências e operadoras (1,9%), com 476 novos vínculos. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias