Notícias Fecomercio

25 de outubro de 2018

Índice de Estoques tem em outubro segunda piora consecutiva


Falta de otimismo com o aumento do consumo fez o número de empresários com estoques baixos cair e, os com estoques elevados crescer

Os empresários continuam pouco confiantes na possibilidade de que as vendas cresçam a ponto de terem que aumentar suas encomendas. Essa falta de otimismo fez o Índice de Estoques (IE) – medido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) – repetir o mesmo resultado de setembro: queda na proporção de empresários com estoques baixos e aumento no número de empresários com estoques elevados.

O indicador, que varia de 0 (inadequação total) a 200 pontos (adequação total), chegou a registrar 109 pontos, lembrando que a marca dos 100 pontos é o limite entre inadequação e adequação.

A pesquisa aponta que, no mês, 54% de empresários estavam com os estoques adequados (número abaixo da média histórica pré-crise, de 60%), 33,1% com estoques excessivos e 12,2% com estoques baixos. Os dados contemplam um quadro de ritmo reduzido de atividade econômica (menos consumo), e dificilmente investidores e consumidores assumirão posturas ousadas. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias