Notícias Fecomercio

10 de janeiro de 2019

Faturamento do comércio eletrônico paulista recua 6,9% no terceiro trimestre de 2018, aponta FecomercioSP


Segundo pesquisa realizada pela Entidade em parceria com a Ebit/Nielsen, contudo, vendas do setor atingem R$ 4,09 bilhões

As vendas do comércio eletrônico no Estado de São Paulo caíram 6,9% no terceiro trimestre de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017, com o faturamento de R$ 4,09 bilhões, ante R$ 4,38 bilhões do ano anterior. Já na comparação com o segundo trimestre, o recuo foi de 0,5%. Nos nove meses de 2018, a taxa de crescimento real das vendas do setor se manteve estável em 0,1%.
Os resultados compõem a Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico (PCCE) elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do seu Conselho de Comércio Eletrônico, em parceria com a Ebit/Nielsen. A pesquisa traz dados sobre faturamento real, número de pedidos e tíquete médio e permite mensurar a participação do e-commerce nas vendas totais do varejo (eletrônico e físico) no Estado de São Paulo, segmentado em 16 regiões.

A participação do e-commerce nas vendas do varejo paulista no terceiro trimestre ficou em 2,4%, estável em relação ao mesmo período de 2017. O número de pedidos foi de 10,01 milhões, queda de 0,03% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. O tíquete médio no terceiro trimestre de 2018 foi de R$ 407,61, ligeiramente inferior ao notado no segundo trimestre deste ano (-0,02%), que havia apontado uma média de R$ 415,93 em todo o Estado de São Paulo. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias