Notícias Fecomercio

1 de fevereiro de 2019

Contribuição para o INSS em 2018 foi o menor em 5 anos


Parcela de pessoas ocupadas que recolhem regularmente para a Previdência Social teve queda de 63,5%

O porcentual de trabalhadores que contribuíram para a Previdência Social no setor privado foi o mais baixo dos últimos cinco anos, ajudando a aumentar o rombo do INSS.

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média de pessoas ocupadas que fizeram contribuições regulares para o INSS foi de 63,5%, o menor porcentual desde 2013, quando estava em 62,9%. Em relação a 2017, houve retração de 1%.

Enquanto o número de trabalhadores sem vínculo de emprego cresceu em mais de 400 mil entre 2017 e 2018, o contingente de pessoas com um emprego formal recuou mais de 300 mil.

Voltar para Notícias