Notícias Fecomercio

27 de junho de 2018

CMN fixa meta da inflação em 3,75% para 2021


Intervalo de tolerância é 1,5 ponto porcentual para cima ou para baixo

O Ministério da Fazenda anunciou nesta terça-feira (26) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2021 em 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto porcentual para cima ou para baixo.

Além disso, as metas de inflação para 2019 e 2020 foram mantidas, respectivamente, em 4,25% e 4%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. Esse é o valor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderá alcançar nos próximos anos.

A meta de inflação até 2016 era fixada com dois anos de antecedência, mas um decreto publicado no Diário Oficial da União em junho de 2017 determinou que a definição passasse a ser feita três anos antes.

Voltar para Notícias