Notícias Fecomercio

4 de maio de 2018

Após reforma, ações trabalhistas tem queda de quase 45% no 1º trimestre


De acordo com levantamento do TST, foram ajuizadas 355.178 ações entre janeiro e março deste ano

A Reforma Trabalhista entrou em vigor há pouco mais de cinco meses, e o número de novas ações trabalhistas teve queda considerável no primeiro trimestre, de acordo com o levantamento do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Entre janeiro e março, a quantidade de novos processos trabalhistas teve queda de 44,79%, com 355.178 ações ajuizadas no primeiro trimestre deste ano contra as 643.404 no mesmo período do ano passado.

Além disso, também houve queda expressiva em relação ao número de pedidos, que passaram de 3,9 milhões no primeiro trimestre de 2017 para 1,6 milhão nos três primeiros meses deste ano.

Voltar para Notícias