Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Expansão de franquias faz surgir empreendedores multifranqueados


Amplie a foto

Multifranqueados são empreendedores que abrem mais unidades de uma mesma marca ou investem em estabelecimentos de marcas diferentes (Tutu)

As franquias ocupam lugar de destaque no comércio brasileiro. Esse modelo consiste em um negócio em que o detentor da marca (franqueador) cede a quem vai utilizá-la (franqueado) o direito de comercializar seus bens e serviços, sob essa bandeira.

Com a evolução desse segmento, surgiu uma nova modalidade: os multifranqueados. São empreendedores que abrem mais unidades de uma mesma marca ou investem em estabelecimentos de marcas diferentes, inclusive segmentos distintos.

De acordo com pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF), 69% das marcas têm franqueados que operam em mais de uma marca. Desses, 28% são unidades administradas por multifranqueados.

Ao ter de gerir um aglomerado de lojas, o empreendedor precisa de um back office com uma estrutura similar à de uma holding: departamento administrativo-financeiro, recursos humanos, treinamento etc. Como o multifranqueado deve estar atento aos indicadores financeiros de cada um de seus negócios, passa a necessitar de supervisores nas lojas, pois este profissional ajudará a manter a organização das vendas.

Essa prática tem contribuído para uma forte profissionalização na gestão de franquias. Entre os benefícios, destaca-se a possibilidade de alcançar a excelência na gestão do negócio.

O multifranqueado tem características próprias. Por não ficar o dia todo na operação da loja, esse empreendedor precisa saber muito bem como funcionam as franquias, ter experiência em gestão e habilidades para potencializar ganhos com maior facilidade, pois trabalha observando indicadores financeiros, e não no operacional.

Dessa forma, é possível obter ganhos de escala em alocação de equipes administrativas, negociações com fornecedores, atividades de logística, ações de marketing e até mesmo em negociações com a franqueadora.

Os desafios, contudo, são muitos. O maior deles é fazer com que a lucratividade das lojas seja maior do que o custo de manutenção doback office. Se o custo for significativamente maior, todo o sistema se inviabiliza, uma vez que será impossível para o multifranqueado administrar as lojas de vários segmentos sem a estrutura de apoio, pondo em risco toda a estrutura de negócios.

Por outro lado, a diversificação das marcas pode ser um fator importante na manutenção do nível de lucratividade do aglomerado, em função das sazonalidades específicas de cada empreendimento.

Outro grande desafio é delegar tarefas e manter os procedimentos alinhados, afinal, o empreendedor não pode estar em todas as lojas simultaneamente. Por isso, é fundamental ter gerentes capacitados para liderar as operações com eficiência.

Em geral, o multifranqueado precisa ter experiência e habilidade com gestão de negócios e de pessoas para conduzir os negócios.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem