Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Em evento, FecomercioSP lança site que viabiliza a logística reversa


Amplie a foto

Portal explica quais produtos participam dos termos de compromisso e os impactos do descarte inadequado destes produtos pós-consumo para a saúde humana e para o meio ambiente (Arte/Tutu)

Na próxima terça-feira (6), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) lança, em evento em sua sede, às 10h, uma plataforma digital voltada para a logística reversa. Esse é um tema cada vez mais discutido entre comerciantes e todos os elos da cadeia produtiva, que compartilham a responsabilidade pelo ciclo de vida dos produtos e pela redução do volume de resíduos sólidos e rejeitos gerados. Para participar, clique aqui e se inscreva.

A abertura terá a participação do secretário adjunto de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Antônio Velloso, do diretor presidente da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Carlos Roberto dos Santos, além do presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, José Goldemberg.

Na sequência, participam o diretor do departamento de sustentabilidade da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), João Carlos Redondo e a assessora técnica do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, Cristiane Lima Cortez. A última mesa reunirá o vice-presidente da Associação Brasileira de Baterias Automotivas e Industriais (Abrabat), Carlos Zaim, e a diretora executiva do Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (Iber), Amanda Vieira Queiroz Schneider.

Entenda melhor

Mas o que é exatamente logística reversa? Determinados produtos vencidos ou usados, apresentam riscos à saúde humana e ao meio ambiente se descartados inadequadamente. Por isso, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e a Resolução 045/2015 da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA), os consumidores não podem descartá-los no lixo doméstico, mas, sim, nos pontos de coleta disponibilizados pelos estabelecimentos que os comercializam.

A partir daí, fabricantes e importadores, devem reciclar o que for possível e proceder à destinação ambientalmente adequada dos rejeitos. Esse processo é chamado de logística reversa.

Ciente da importância e urgência do tema, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), que há anos está envolvida no processo de informação e conscientização de seus filiados e de todo o empresariado sobre essa questão, lança uma plataforma completa e funcional. O objetivo é disponibilizar um espaço digital onde comerciantes e sindicatos encontrem informações detalhadas para que os estabelecimentos comerciais possam participar dos sistemas de logística reversa no Estado de São Paulo, aderindo aos termos de compromisso assinados pela FecomercioSP e receber os produtos pós-consumo de seus clientes: pilhas, baterias portáteis e baterias de chumbo ácido.

De caráter informativo e fácil navegação, o site esclarece as principais dúvidas relacionadas ao assunto, entre elas, de que modo o comércio pode aderir a estes termos de compromisso e se tornar um ponto de entrega, onde comprar ou como confeccionar um coletor para pilhas e baterias portáteis, quais produtos participam dos termos de compromisso e os impactos do descarte inadequado destes produtos pós-consumo para a saúde humana e para o meio ambiente.

“Este portal da FecomercioSP é inovador, pois é a primeira vez que uma federação de comércio se coloca à disposição de um sistema de logística reversa estadual como forma de adesão dos estabelecimentos comerciais. É o caso do sistema de logística reversa de pilhas e baterias portáteis. Esperamos que, por meio de nossa plataforma, milhares de comerciantes que vendem pilhas e baterias portáteis se tornem pontos de entrega primários e recebam estes produtos pós-consumo de seus consumidores. Desta forma, além de cumprir a lei, os estabelecimentos comerciais contribuirão para manter nosso meio ambiente equilibrado e saudável para as futuras gerações”, ressalta José Goldemberg.

Ele também destaca o papel diferenciado e relevante do sindicato neste sistema. “Atuará como ponto de entrega secundário, recebendo dos estabelecimentos comerciais as pilhas e baterias portáteis pós-consumo que foram entregues pelos consumidores nas suas lojas”, diz Goldemberg.

No caso das baterias de chumbo ácido (automotivas ou industriais), a adesão será feita por meio da entidade gestora, o Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (Iber); e a plataforma de logística reversa da FecomercioSP fará a ponte entre o empresário e o portal do Iber.

Por fim, a assessoria técnica do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP também se manterá à disposição para esclarecimento de dúvidas por meio do Fale Conosco da plataforma.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem