Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Parceria com o Senac capacita líderes e gestores do Giraffas


Amplie a foto

Perspectiva é capacitar mais 300 líderes e gestores, ao longo de 2017, por meio da parceria (Arte/TUTU)

Com a intenção de desenvolver o perfil profissional dos líderes e gestores do Giraffas, aprimorando suas habilidades e potencializando a atuação no restaurante, a rede possui, desde 2011, uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A iniciativa consiste na oferta de cursos on-line de capacitação para esses perfis de colaboradores e rende bons resultados até hoje.

“As pessoas, sem dúvida, estão entre os pilares mais importantes para a estratégia de qualquer empresa, pois são elas que representam a marca para o consumidor final. Para o Giraffas, rede com mais de 400 restaurantes distribuídos pelo País, contar com profissionais preparados, capacitados e com habilidades bem exploradas resulta no sucesso do negócio”, diz o diretor de operações da companhia, Jaime Laranjeiro.

O foco está na formação de profissionais por meio dos programas de Desenvolvimento Gerencial (PDGG) e Treinador de Equipe (PTE). Ambos foram criados em 2011 e fornecem um certificado ao colaborador que, no final do curso, for aprovado.

Segundo Laranjeiro, a colaboração do Senac valida a certificação no mercado eagregando mais valor ao diploma. “Essa parceria é fundamental, pois o Senac é uma instituição que traz soluções inovadoras capazes de conectar diferentes modalidades, metodologias e recursos educacionais utilizando recursos tecnológicos para viabilizar o ensino a distância”, comenta o diretor. 

Sobre os programas, Laranjeiro ressalta que os conteúdos estão em constante aperfeiçoamento, assim como contínuas mudanças nas ferramentas práticas. De acordo com ele, as alterações são sempre necessárias, não apenas por conta da crise recente, que mudou o cenário do País, mas pelo fato de o setor precisar estar sempre alinhado às demandas constantes dos consumidores. 

No PDGG, por exemplo, havia um módulo que reunia boas práticas de fabricação, gestão contábil e legislação trabalhista, e outro (sobre marketing), que abrangia gestão e satisfação do cliente. O PTE era desenvolvido em dois módulos: um, baseado na formação teórica, que incluía o papel do treinador, técnicas de ensino, ferramentas de trabalho, boas práticas de fabricação e planilhas, o segundo,  focado no treinamento em loja. Hoje, o conteúdo teórico está dividido em quatro módulos.

Também há a Avaliação de Procedimentos Operacionais – na qual, segundo o diretor, se desenvolvem a parte prática e as notas, estas colocadas na ficha individual de treinamento e inseridas no site (plataforma do curso).

Resultados
Para Laranjeiro, os cursos impactam na rede de forma muito positiva, pois ajudam o treinador e o nível gerencial (gerente e encarregado) a desempenharem suas atividades, capacitando os parceiros. “As capacitações on-line geram resultados também para o negócio influenciando positivamente a produtividade das pessoas e dos processos, assim como na qualidade dos produtos e serviços”. 

Anualmente, cerca de 230 alunos participam dos cursos. Ao longo de 2017, a perspectiva é de capacitar mais 300 pessoas por meio da parceria com o Senac.


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem