Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Três dicas para gastar menos energia em seu estabelecimento


Amplie a foto

Diminuir o consumo gera economia e contribui para o meio ambiente
(Arte TUTU) 

Por Deisy de Assis

A busca pela redução no consumo de energia elétrica é uma necessidade, seja para contribuir com o meio ambiente, seja para minimizar os custos das companhias. Mesmo no caso de negócios cujo uso do recurso é intenso, algumas medidas podem fazer diferença e gerar economia.

Confira as dicas da assessora técnica do Conselho de Sustentabilidade da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), Cristiane Cortez, e do coordenador de usos finais de energia da AES Eletropaulo, Rubens Leme: 

1 – Mantenha a eficiência para a iluminação de ambientes 

Segundo Leme, investir em cores claras nas paredes, teto e chão diminui a necessidade de manter as lâmpadas acesas, uma vez que eles refletem melhor a luz.

“Usar ao máximo a iluminação natural surte ótimo efeito”, comenta Cristiane, que indica adaptações em janelas, cortinas ou mesmo no posicionamento de equipamentos para que estejam em pontos estratégicos de recepção da luz do dia.

Ambos sugerem ainda a utilização de lâmpadas de LED (Light Emittind Diode, em português, Diodo Emissor de Luz), que possuem tecnologia eletrônica que rende alta durabilidade e uma economia no consumo que chega a 50% em comparação às lâmpadas fluorescentes. 

Há indicação de uso de dispositivos como os sensores de presença, para que as luzes se apaguem na ausência de pessoas nos ambientes. Avisos fixados como alerta aos funcionários também são válidos. 

2 – Atenção ao uso e manutenção dos aparelhos de ar condicionado

Leme frisa que é preciso manter as manutenções periódicas, como a regulação do termostato para uma temperatura ambiente e a limpeza dos filtros (com troca quando necessário). “Vale lembrar que as portas e janelas devem permanecer fechadas nos ambientes condicionados.”

Ele sugere também que sempre que possível o aparelho seja ligado uma hora após o início do expediente e desligado uma hora antes do seu término, o que resultará em uma redução de aproximadamente 40 horas mensais de uso, considerando os dias úteis de estabelecimentos que funcionem em horário comercial.

“Assim como no caso da iluminação, apostar no maior aproveitamento da ventilação natural também é uma forma de minimizar o uso de ar condicionado”, comenta Cristiane, que ainda cita a eficiência dos telhados verdes e jardins verticais, que ajudam a manter ambientes naturalmente mais frescos.

3 – Escolha equipamentos de baixo consumo energético

Na hora da compra, verifique se o produto possui etiqueta Inmetro/Procel (no caso de nacionais) ou Energy Star (no caso de eletrônicos importados), que indicam que se tratam de equipamentos econômicos.

Aparelhos não devem ser deixados na tomada em stand by, somente no momento de uso. ”A função stand by utiliza de 0,1 a 18W de potência, dependendo do equipamento e da idade”, argumenta Leme.

Ele também sugere que computadores sejam desligados caso a interrupção na utilização seja de mais de duas horas.

Para os monitores a dica é escolher os de LED, que são mais econômicos, e desligá-los se forem ficar sem uso por mais de 15 minutos.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem