Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Comerciantes formam parcerias inusitadas para atrair novos clientes


Amplie a foto

Iideia tem sido adotada por pequenos comerciantes, que praticamente não têm custos com as ações e conseguem atrair públicos diferentes (Arte/TUTU)

Com a atual crise econômica reduzindo o consumo e, consequentemente, o faturamento do comércio paulista – que deve fechar o ano em R$ 530 bilhões, valor R$ 37 bilhões menor do que no ano anterior –, os empresários do ramo buscam alternativas para incrementar as vendas e atrair novos clientes aos estabelecimentos.

Uma opção criativa que se mostra vantajosa são as parcerias com empresas não concorrentes. Os exemplos vão desde restaurantes que oferecem tratamento de beleza como brindes a lojas de roupas que vendem milk-shake ou sanduíches nos seus estacionamentos, além de bares que abrem espaço para novos comediantes.

De acordo com a assessoria econômica da FecomercioSP, a ideia tem sido adotada por pequenos comerciantes, que praticamente não têm custos com as ações. Entre as vantagens estão o aumento do fluxo de clientes nos estabelecimentos e a troca de experiências de segmentos distintos, já que os públicos atendidos são diferentes. 

Estratégias
No caso dos restaurantes, oferecer redução de preços ou aumentar os controles dos estoques e das perdas já são estratégias adotadas por todos em tempos de crise. O diferencial tem sido oferecer cupons para retirada de brindes em clínicas de estética ou sorteios para quem consumir em ambos os estabelecimentos. Para as clínicas, a vantagem é atrair o público interessado nos brindes (principalmente as mulheres), enquanto para os restaurantes é poder oferecer um benefício ao cliente, que opta por almoçar e ganhar um brinde em vez de comer em um lugar semelhante, mas sem nenhum benefício extra.

Para as lojas de shoppings e ruas comerciais, a dica é aproveitar os estacionamentos – que ficam mais ociosos com a queda das vendas – para realizar eventos com food trucks, que ocupam o espaço vazio deixado pelo menor número de carros estacionados. Em alguns casos, é possível estender o horário de atendimento em razão dos eventos, atraindo um público diferente dos consumidores habituais. Com o movimento maior, muitos clientes que vão ao local para consumir dos food trucksacabam conhecendo as lojas e comprando.

Outra estratégia que visa entreter o consumidor com novidades tem sido explorada por alguns bares, que fazem parcerias com comediantes novos e desconhecidos. A ideia é oferecer o espaço para o artista se apresentar em um pocket show, muitas vezes de graça ou por um valor mais modesto. Nesse caso, tanto o bar quanto o artista saem ganhando: o primeiro por oferecer um entretenimento diferente para seus clientes (sem cobrar o couvert artístico), e o comediante segundo por conseguir público e espaço para divulgar seu trabalho.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem