Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

FecomercioSP é contra o aumento das alíquotas do ICMS e do IPVA


Amplie a foto

Federação não vê mais nenhuma folga na capacidade contributiva da sociedade, sejam empresas ou famílias
(Free Images)

A Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é totalmente contrária à sugestão dos secretários da Fazenda dos Estados de aumentar as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e fazer um “alinhamento” do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). 

Em um momento de corrosão econômica, com forte recessão em todos os ramos de atividade, impor novos custos à sociedade é sinal, em primeiro lugar, de ausência de sensibilidade política. Para a FecomercioSP, o aumento de impostos neste momento representa o prolongamento da recessão, com mais inflação e desemprego, sem nenhuma garantia de melhora na arrecadação.

Do mesmo modo, a Federação não vê mais nenhuma folga na capacidade contributiva da sociedade, sejam empresas ou famílias, que venha a produzir ganho na arrecadação. Ao contrário, os saques recordes nas cadernetas de poupança evidenciam que a renda disponível está abaixo do limite considerado minimamente adequado. O quadro de desalento dos agentes econômicos sinaliza para o esgotamento de sua condição financeira, resultado de um enfraquecimento econômico pelo qual a iniciativa privada não tem nenhuma responsabilidade.

A FecomercioSP volta a ressaltar que o desequilíbrio das contas públicas é estrutural, e que só será possível restabelecer a confiança dos agentes econômicos com a retomada de uma agenda de reformas de longo prazo que envolvam redução dos gastos públicos e da burocracia.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem