Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Carros devem ser declarados no Imposto de Renda


Amplie a foto

Gastos com o carro que não representam benfeitorias, não precisam ser declarados
(Foto: Shutterstock)

Quem tem um veículo automotor deve obrigatoriamente declará-lo no Imposto de Renda. O bem deve ser informado na ficha “Bens e Direitos”.

Em caso de transação envolvendo veículos automotores no ano de 2014, o contribuinte deve informar o valor que adquiriu ou vendeu o bem. Se o valor de venda superar os R$ 35 mil e for maior que o valor de compra, uma taxa de ganhos de capital será cobrada.

O usuário que já tinha um carro e fará a declaração do ano de 2014, precisa apenas repetir as informações do ano anterior. O programa oferece uma opção de “cola” de informações de anos anteriores.

Na declaração, sempre deverá constar o valor de aquisição do veículo. As únicas alterações serão em caso de mudança que aumente o valor do bem, como uma blindagem. Se isso ocorrer, em uma futura venda, os impostos a serem cobrados em caso de lucro serão menores.

Veículo que sofreu perda total ou roubado

Nessa situação, informe no campo “Discriminação” da ficha “Bens e Direitos” o fato e o valor recebido da seguradora.

Para mais informações, acesse o site da Receita Federal. O prazo final para a entrega da declaração encerra em 30 de abril.

Fonte: Fecomércio-SP


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem