Home

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Preço da China "seduz" consumidores imperatrizenses


Amplie a foto

Ir às compras sem sair de casa atrai cada vez mais o consumidor Imperatrizense.  A diversidade de produtos não encontrados facilmente na cidade e o preço baixo nos sites "da China", levam o consumidor a se aventurar nas primeiras compras. "Um amigo meu comprou uma vez e resolvi tentar. Demora pra chegar, mas é bem mais em conta. "  Diz o judoca, Paulo Rogério.

As facilidades estão cada dia maiores e alguns sites já disponibilizam compra por boleto bancário, o que simplifica a vida dos consumidores que não possuem cartão internacional. Muitos também já têm versão em português, porém para contatar diretamente o fornecedor ainda é preciso ter um conhecimento básico de inglês.

O engenheiro elétrico, Igo Rafael, compra há bastante tempo e recomenda uma boa pesquisa antes de finalizar o pedido. "Eu costumo comprar materiais de circuitos eletrônicos, mas por segurança, geralmente em sites de e-commerce, não com pessoas físicas."

De acordo com a E-bit, o comércio eletrônico movimentou R$ 28,8 bilhões em 2013, crescendo 28%, em relação a 2012. Para 2014, o diretor executivo, Pedro Guasti, espera um crescimento de 20% com um faturamento de R$ 34,6 bilhões.

Confira no link a seguir o 'passo a passo' para comprar em sites internacionais:

http://www.imperatriznoticias.com.br/noticias-2/preco-da-china-seduz-consumidores-imperareizenses/

Fonte: Imperatriz Notícias


<< Voltar

    (14) 3622-5883 / 3624-5037
    Rua Rolando Damico, 381 - Vila Assis - Jaú - SP

    Imagem